Quais são os desafios da equipe de TI quando se trata da LGPD?

Desde agosto de 2020, a Lei Geral de Proteção de Dados está em vigor. As regras que asseguram o direito à privacidade e à proteção de dados pessoais dos usuários é uma realidade que precisa ser levada a sério pelas empresas, até porque as sanções começam a ser aplicadas a partir do próximo mês. A nova lei chegou estabelecendo regras claras sobre tratamento das informações – sua coleta, armazenamento e utilização.

A LGPD obriga as empresas a serem mais transparentes no uso dos dados e, claro, a garantir sua proteção. Logo, a equipe de TI (Tecnologia da Informação), que é uma das áreas que mais “cuida” desse tipo de informação em qualquer negócio, tem desafios pela frente. Começando pelo fato de que é responsabilidade desse time implementar as adequações necessárias em todos os sistemas da companhia. Por isso, uma aproximação entre esse setor e o jurídico pode ser uma boa ideia. Afinal, o primeiro passo é sempre compreender a legislação, depois, colocá-la em prática.

Um dos pontos importantes, que merece atenção, é que todas as aplicações de TI devem ser projetadas – de ponta a ponta – para garantir a privacidade dos dados e dos usuários em seu clico de vida completo. Sendo as técnicas de mascaramento de dados, criptografia e tokenização muito relevantes.

A segurança é outro fator essencial ao pensar na adequação à Lei, quando se trata de Tecnologia da Informação. A intensa digitalização pela qual empresas e sociedade têm passado deixa, cada vez mais, pontos de vulnerabilidade que precisam ser “cobertos” para conquistar essa segurança digital. Por isso, a equipe de TI precisa implementar sistemas capazes de prevenir, detectar e corrigir eventuais violações e ciberataques. Isso é fundamental.

O armazenamento é mais um fator de atenção. Os profissionais de TI devem adotar uma postura proativa, com tecnologias confiáveis, ágeis e centralizadas, que facilitem o monitoramento da integridade das informações e sua recuperação, caso necessário. Isso também é primordial para adequação à Lei. E a nuvem, claro, é uma boa alternativa.

Sabemos que são muitos os passos, mas você não precisa fazer isso sozinho. Algumas empresas podem ajudar nessa tarefa, fornecendo soluções e suporte à equipe de TI. Entre em contato com a Megatelecom e saiba mais. Não perca tempo, a LGPD já está valendo!